O que é data driven e como ela pode ajudar seu marketing digital
24 de janeiro de 2019
Afinal, por que investir em mídia programática com foco no mobile?
12 de fevereiro de 2019
Exibir Tudo

Marketing para millenials: como fazer uma campanha de sucesso

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Fazer marketing para millennials de forma efetiva é um grande desafio, visto que essa geração é altamente resistente à publicidade, especialmente no seu viés tradicional.

Os millennials, também chamados de Geração Y, são uma base de consumidores com pensamentos diferenciados e focados na experiência mais moderna de vida que tiveram. Há discrepância dos autores sobre a definição temporal deles.

Especialistas, como Don Tapsscot, diz que os millennials são aqueles nascidos depois dos anos 2000. Outros autores dizem que são os nascidos entre 1980 e 2000. Essa segunda justificativa se baseia no fato de que são um pouco mais velhos, portanto, têm maior autonomia de compra, ao contrário da primeira definição onde pode haver uma dependência de responsáveis, inclusive financeiramente.

Abaixo, listamos algumas práticas que são bem-vindas na hora de fazer marketing para millennials. Descubra conosco quais são elas!

Fazer campanhas agradáveis

Campanhas tradicionais terão pouco impacto para os millennials, já que para eles o “mais do mesmo” faz pouca diferença. Então, é preciso ir além para atrair a atenção deles.

O foco aqui deve ser em campanhas agradáveis, ou seja, é necessário fugir daquela publicidade mais agressiva e passar a impressão de não divulgar um produto ou serviço, mas sim uma experiência.

É necessário, também, que essas campanhas estejam disponíveis, mídias sociais e sites de vídeos como o YouTube são ótimos para isso, pois facilitam o acesso a qualquer hora.

Na mente dos millennials, tudo que eles tiverem que parar e/ou se esforçar para ver é incômodo. Portanto, investir em ações que facilitem o acesso é recomendado para se alinhar com essa lógica.

E não é um pensamento preguiçoso, longe disso. É uma mentalidade acostumada com a agilidade do mundo moderno, principalmente da internet. O próprio meio digital acompanha isso com a inovação e criação de soluções cada vez mais ágeis, então não seria o marketing que fugiria de um cenário tão importante como esse.

Utilizar as mesmas mídias que eles

O primeiro passo para elaborar ações de marketing para millennials é localizar onde eles estão. Não há exemplo melhor do que as redes sociais, afinal, elas representam perfeitamente esse perfil mais conectado e de troca rápida de informações.

Só que apenas estar presente nelas não é o suficiente, é preciso utilizá-las de forma diferenciada para ter mais chances de atingir esse público. Se pegarmos, como exemplo, o Instagram, uma rede que apresentou um grande crescimento da publicidade paga, podemos questionar o seguinte:

Será que a melhor forma de divulgar um anúncio é replicar o que é feito no Facebook, por exemplo? E será que a parte integrante da sua audiência que pode ser classificada como millennials justifica esse investimento?

Essas são perguntas simples, porém, com um viés muito profundo no que tange à qualidade e amplitude das suas respostas. A partir delas, fica mais fácil definir de que forma a sua audiência millennial utiliza essas redes para, assim, criar ações que estejam conectadas a isso.

Realizar um contato direto

Uma das características da publicidade tradicional é um certo distanciamento entre cliente e marca. O marketing para millennials exige exatamente o contrário, a realização de um contato direto e mais pessoal.

Essa proximidade deve ocorrer por meio de um processo interativo bem-feito. A interatividade, aliás, é uma característica forte do atual cenário digital e não há como fugir disso ao elaborar campanhas de marketing.

A busca constante do público por mais informações, antes de fechar uma compra, também justifica essa necessidade de criar meios que facilitem o acesso a eles e, consequentemente, gerem uma proximidade maior.

Será exatamente isso que vai influenciar na criação de autoridade. E como os clientes são exigentes, a tendência é que aproximem (e permaneçam próximos) de quem tem algo a agregar, tanto no caráter interativo como no informativo.

Transformar em agentes de campanha

Quando se consegue atingir um millennial, outra possibilidade surge: transformá-lo em um agente de campanha. A explicação para isso é simples, como eles são mais resistentes à publicidade, acabam ficando mais suscetíveis ao que amigos, pessoas próximas e formadores de opinião colocam como positivo.

Em um rápido exemplo, se um millennial compartilhar uma experiência positiva, outros verão que essa prática é incomum e logo entenderão que, se ele fez isso, foi porque valeu a pena a ponto de justificar esse compartilhamento.

Então, uma tendência forte deles é no mínimo buscar entender do que se trata, acessando o site ou outra fonte de informação sobre aquele negócio. Ganha-se, com isso, uma excelente porta de entrada para gerar novos negócios.

Os influenciadores digitais, tão conhecidos hoje, trabalham justamente sob esse conceito. Porém, esse papel pode ser feito também pelo público, desde que o seu negócio proporcione uma experiência capaz de gerar essa ação espontânea.

Investir em anúncios personalizados

Veja a seguinte questão: o seu negócio sempre teve bons resultados com campanhas de anúncios, só que a característica dos millennials mostra que talvez seja difícil repetir esses resultados com eles.

Existe alguma forma de mudar isso? Sim, investir em anúncios personalizados. Eles se baseiam em uma segmentação bem-feita e no levantamento dos interesses do público (inclusive millennials).

Logo, ao mesmo tempo que se reduz o campo geral de atuação, se ganha elementos mais específicos para fazer anúncios que possam ser vistos, valorizados e, principalmente, que aumentem a taxa de conversão.

Essa é uma forma de reinventar a roda, aproveitar o poder de um recurso bastante conhecido e alinhá-lo com os interesses de um público-alvo com questões comportamentais diferenciadas do restante.

Focar na geração de valor

Esse é um dos fatores mais valorizados pelos millennials, por isso, eles abominam tanto campanhas massivas, aleatórias e impositivas. Então, a personalização, citada acima, é o grande fator diferencial para gerar valor de forma considerável e que possa ser refletida em resultados melhores.

Por meio da personalização, fica mais fácil criar ações diferenciadas e soluções mais completas. Outro ponto importante é que ela se alinha perfeitamente às necessidades do marketing atual que é conquistar primeiro e vender depois.

Esse conceito justifica tudo o que falamos aqui, ser diferenciado é o ponto de partida na hora de fazer marketing para millennials e não há forma mais apropriada para isso do que investir na personalização. Será ela que vai dar ao seu negócio uma atuação destacada e chamar a atenção desse público tão característico.

E que tal contar com a nossa ajuda nessa jornada? Temos as ferramentas certas para ajudar a sua empresa a fazer um marketing para millennials efetivo. Entre em contato com a SimpleAds, será um prazer conhecer o seu projeto!

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.